demência Ampare psiquiatra Hércules Ipatinga Vale do Aço
Demência 

O que é Demência?

Demência é uma categoria genérica de doenças cerebrais que gradualmente e a longo prazo causam a perda da função cerebral, entre eles a capacidade de raciocínio e memória. A medida que o ser humano envelhece, o risco de demência eleva consideravelmente, especialmente após os 65 anos. Algumas vezes, pode desencadear esfacelo da memória precocemente (antes de 65 anos de idade). Caracteriza-se por um conjunto de sintomas que afetam diretamente a qualidade de vida da pessoa, levando a problemas cognitivos, de memória, raciocínio  a linguagem, de comportamento (emocionais), alterando a própria personalidade, além de diminuir a motivação.

 

Os prejuízos, necessariamente, interferem com a habilidade no trabalho ou nas atividades usuais, representam declínio em relação a níveis prévios de funcionamento e desempenho e não são explicáveis por outras doenças físicas ou psiquiátricas.

Tipos de Demência

Reversíveis: As demências reversíveis são aquelas que, apesar de causarem danos ao cérebro, podem ter seus sintomas revertidos.

Causas:

  • Tumores cerebrais

  • Abuso crônico do álcool

  • Depressão

  • Uso de drogas ilícitas

  • Baixos níveis de vitamina B12

  • Demências de causa metabólica, em que há alterações nos níveis de açúcarsódio e cálcio no sangue.

 

Irreversíveis: também chamadas de degenerativas. As demências do tipo irreversível também são progressivas, ou seja, pioram com o passar do tempo. O melhor exemplo de demência degenerativa é a doença de Alzheimer. Os danos causados ao cérebro, neste caso, não podem, portanto, ser interrompidos ou revertidos.

Causas:

  • Doença de Alzheimer

  • Demência com corpos de Lewy, (similar ao Alzheimer)

  • Acidente Vascular Cerebral (AVC)

  • Demência Frontotemporal

Diagnóstico

Para um diagnóstico de demência é necessário que haja uma alteração da função mental normal da pessoa e um declínio da memória superior ao que seria esperado devido à idade. Este grupo de doenças afeta também de forma significativa os cuidadores da pessoa doente.

 

Muitos fatores podem levar à demência. Alguns fatores, como idade e histórico familiar de demências, não podem ser alterados ou prevenidos.

 

À medida que uma pessoa envelhece, o risco de demências aumenta consideravelmente, especialmente após os 65 anos. A demência, por outro lado e ao contrário do que muita gente pensa, não é parte exclusiva do envelhecimento, pois também pode ocorrer em pessoas mais novas.

 

Tratamento

O principal tratamento oferecido é a medicação, depois uma boa alimentação, atividades cerebrais, atividades físicas, psicoterapia e outros.

Link útil:

Saiba mais: